• Telefone: (11) 4128-4151
  • E-mail: contato@projecaofac.com.br

Juros do cheque especial voltam a subir após dois meses e chegam a 307,6%

Juros do cheque especial voltam a subir após dois meses e chegam a 307,6%

Taxa do cartão rotativo também subiu e foi a 307,8% ao ano, segundo o BC

Depois de dois meses em queda, os juros do cheque especial voltaram a subir no país. Segundo dados divulgados nesta sexta-feira (25) pelo Banco Central, a taxa na modalidade de crédito mais cara do Brasil ficou em 307,6% ao ano em setembro. Os juros do cartão de crédito rotativo também subiram e alcançaram 307,8% ao ano.

Leia também: Pacote de empregos deve flexibilizar direitos de jovens e maduros, diz Bolsonaro

Em agosto, os juros do cheque especial tinham recuado para 306,9%, alcançando então o menor patamar desde novembro do ano passado. A taxa nesse tipo de empréstimo não fica abaixo de 300% desde fevereiro de 2016, quando estava em 293,9% ao ano.

Os dados do BC mostram ainda que os juros do cartão de crédito parcelado também subiram, para 178,3% ao ano. Esse tipo de crédito é concedido automaticamente a devedores do cartão que passam mais de 30 dias no rotativo, numa estratégia do BC para evitar o superendividamento.

Leia também: Nascidos em fevereiro e março podem sacar FGTS a partir de hoje

A manutenção de taxas altas aos consumidores ocorre apesar da trajetória de queda da taxa básica de juros, a Selic , que baliza o sistema financeiro e está em 5,5% ao ano, menor patamar da história.

Fonte: Brasil Econômico | Imagem: Reprodução

Veja todas as postagens do nosso BLOG

Sobre o autor

Projeção administrator